A Propriedade no Direito Romano

By: Anavitarte, E. J.*

A propriedade é a instituição jurídica que fundou todo o direito civil das coisas no mundo romano, sendo o poder mais amplo e absoluto que se podia ter sobre alguma coisa.

No entanto, os romanos ─ profundamente casuísticos ─ não nos fornecem um conceito abstrato e claro do significado de dominium, mas sim diferentes direitos inerentes ao estado de propriedade, através dos quais o entendemos.

Essas características em um nível geral seriam (a) o direito de usar a coisa, (b) o direito de apropriar-se dos frutos da coisa e (c) o direito de dispor dela, sem outras limitações além daquelas impostas as pernas.

It is a long established fact that a reader will be distracted by the readable content of a page when looking at its layout. The point of using Lorem Ipsum is that it has a more-or-less normal distribution of letters, as opposed to using 'Content here, content here', making it look like readable English.

You must log in to access this content
Iniciar con Google
Iniciar con Facebook
x