A Posse no Direito Romano

By: Anavitarte, E. J.*

A posse é uma situação jurídica em que se atua como proprietário material de uma coisa, sem ter a propriedade plena.

Essa situação consolida direitos em favor do possuidor, especialmente quando atua de boa-fé, amparado por uma legítima pretensão de propriedade, como no caso da venda de bens de terceiros.

A posse adquire importância jurídica no direito romano como forma de sanitização de bens, dos quais não se podia manter um registro permanente, como acontece hoje.

It is a long established fact that a reader will be distracted by the readable content of a page when looking at its layout. The point of using Lorem Ipsum is that it has a more-or-less normal distribution of letters, as opposed to using 'Content here, content here', making it look like readable English.

You must log in to access this content
Iniciar con Google
Iniciar con Facebook
x