O Direito Romano

By: Anavitarte, E. J.*

O Direito Romano é o conjunto de manifestações jurídicas que vigoraram durante a existência da Roma Antiga, entre os anos 753 a.C. (séc. VIII) até 476 d.C. (séc. V), e que mais tarde seria a base dos sistemas jurídicos ocidentais.

Essas manifestações correspondem à continuidade historiográfica do Estado romano, que teve diferentes formas de organização, Monarquia, República e Império, reformando e interpretando o direito conforme à época; mas sempre mantendo o mesmo núcleo jurídico, principalmente no direito privado.

A partir deste direito, desenvolver-se-iam os sistemas jurídicos ocidentais posteriores ─ França, Inglaterra, Espanha, Alemanha ─ que posteriormente influenciaram os sistemas jurídicos de quase todas as nações coloniais, pelo que o seu estudo, é uma referência obrigatória para compreender a maior parte das instituições jurídicas atuais.

It is a long established fact that a reader will be distracted by the readable content of a page when looking at its layout. The point of using Lorem Ipsum is that it has a more-or-less normal distribution of letters, as opposed to using 'Content here, content here', making it look like readable English.

You must log in to access this content
Iniciar con Google
Iniciar con Facebook
x